A Recuperação Judicial Do Produtor Rural E Seus Reflexos No Agronegócio Brasileiro

  • André Luiz Aidar Alves Pontifícia Universidade Católica de Goiás - PUC-GO
Palavras-chave: Recuperação de empresas, Produtor rural, Agronegócio, Agricultura familiar, Meio ambiente

Resumo

: Após a edição da Lei n. 11.101/2005, a recuperação judicial do produtor rural passou por profundas alterações interpretativas nos tribunais brasileiros, até as reformas trazidas pela Lei n. 14.112/2020. As reformas da legislação recuperacional simplificaram o acesso do produtor rural ao benefício da recuperação judicial e o estendeu aos pequenos produtores, incluindo os agricultores familiares, que poderão pleiteá-lo independentemente de registro empresarial prévio, mas não contemplaram o cumprimento das obrigações ambientais como condição para o processamento do pedido. Existe ampla oportunidade para o aprofundamento das pesquisas sobre os impactos econômicos da recuperação judicial no agronegócio brasileiro.

Referências

ARAÚJO, Massilon J. Fundamentos de Agronegócios. 5ª ed. São Paulo: Atlas, 2020.
BRASIL. Constituição Federal da República Federativa do Brasil. Disponível em http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm. Acesso em: 06/07/2021.
BRASIL. Lei n. 10.406/2002. Código Civil Brasileiro. Disponível em http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/2002/l10406compilada.htm. Acesso em: 06/07/2021.
BRASIL. Lei n. 11.101/2005. Disponível em http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2005/lei/l11101.htm. Acesso em: 06/07/2021.
BRASIL. Lei n. 14.112/2020. Disponível em http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019-2022/2020/lei/L14112.htm. Acesso em: 07/07/2021.
BRASIL. Superior Tribunal de Justiça. Recurso Especial n. 1.800.032/MT. Disponível em https://processo.stj.jus.br/processo/revista/inteiroteor/?num_registro=201900504985&dt_publicacao=10/02/2020. Acesso em: 06/07/2021.
CEPEA - CENTRO DE ESTUDOS AVANÇADOS EM ECONOMIA APLICADA PIB do Agronegócio Brasileiro. Disponível em https://www.cepea.esalq.usp.br/br/pib-do-agronegocio-brasileiro.aspx. Acesso em: 06/07/2021
COELHO, Fábio Ulhôa. Curso de Direito Comercial. Vol. 3. 13ª ed. São Paulo: Saraiva, 2010.
DE PAULA, Márcia Maria; KAMIMURA, Quésia Postigo; DA SILVA, José Luís Gomes. Mercados Institucionais na Agricultura Familiar: dificuldades e desafios. Revista de Política Agrícola. Ano XXIII. N° 1. Disponível em https://seer.sede.embrapa.br/index.php/RPA/article/view/883/808. Acesso em 06/07/2021.
RAMOS, André Luiz Santa Cruz. Direito Empresarial Esquematizado. 5ª ed. São Paulo: Método, 2015.
ROMANELLI, Renata Ísis. Modelo de Previsão de Default para Produtores Rurais no Brasil. Disponível em http://dspace.insper.edu.br/xmlui/handle/11224/2727. Acesso em:06/07/2021.
SERASA EXPERIAN. Indicadores Econômicos. Disponível em https://www.serasaexperian.com.br/conteudos/indicadores-economicos/. Acesso em: 06/07/2021.
Publicado
2021-12-27