Reuse of Treated Wastewater in Metal-Mechanics Industry: A Technical-Economic Evaluation

  • Marcela Grandinetti Marques Universidade do Sagrado Coração, USC, Brasil.
  • Beatriz Antoniassi Universidade do Sagrado Coração, USC, Brasil; Associação Educacional do Vale da Jurumirim, EDUVALE, Brasil.
  • Marcelo Telascrea Universidade do Sagrado Coração, USC, Brasil.
  • Osvaldo Luiz Gonçalves Cunha Instituição Toledo de Ensino, ITE, Brasil.
  • Marcia Rodrigues de Morais Chaves Faculdade do Centro Oeste Paulista, FACOP, Brasil.; Universidade do Sagrado Coração, USC, Brasil.
Palavras-chave: Economia Ambiental, Efluentes Industriais, Tratamento de Efluentes, Controle de Poluição

Resumo

As indústrias metalúrgicas são intensivas no consumo de água e, conseqüentemente, na produção de águas residuárias. Assim, a reutilização é essencial porque preserva os recursos ambientais, diminuindo a pegada de água dos produtos obtidos. Apesar das técnicas avançadas, o custo econômico limita o tratamento de águas residuais às técnicas mais comuns. Este estudo avaliou o potencial técnico e os custos envolvidos na reutilização de águas residuais em uma indústria metal-mecânica. Foram encontrados erros na dosagem de reagentes. A condição óptima para coagulação/floculação foi avaliada por Jar test. Foram avaliados os parâmetros, tais como: turbidez, pH, alcalinidade, dureza, condutividade elétrica, cloreto e sólidos totais. A condição ideal foi testada na planta e alguns ajustes foram feitos. As melhorias resultaram em 50,96% de redução de custos do tratamento de águas residuais sem novos investimentos. Além disso, o tratamento tornou-se mais rápido e eficiente. As águas residuais atingiram os padrões de reutilização em lavagem de banheiros e lavagem do piso.

Biografia do Autor

Marcela Grandinetti Marques, Universidade do Sagrado Coração, USC, Brasil.
Mestrado em Ciência e Tecnologia Ambiental pela Universidade do Sagrado Coração, USC, Brasil.
Beatriz Antoniassi, Universidade do Sagrado Coração, USC, Brasil; Associação Educacional do Vale da Jurumirim, EDUVALE, Brasil.
Doutorado em Ciência e Tecnologia de Materiais pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil. Professora na Universidade do Sagrado Coração, USC, Brasil; e na Associação Educacional do Vale da Jurumirim, EDUVALE, Brasil.
Marcelo Telascrea, Universidade do Sagrado Coração, USC, Brasil.
Doutorado em Química pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil. Professor na Universidade do Sagrado Coração, USC, Brasil.
Osvaldo Luiz Gonçalves Cunha, Instituição Toledo de Ensino, ITE, Brasil.
Graduação em Ciências Contábeis pela Instituição Toledo de Ensino, ITE, Brasil. Graduação em Ciências Econômicas pela Instituição Toledo de Ensino, ITE, Brasil.
Marcia Rodrigues de Morais Chaves, Faculdade do Centro Oeste Paulista, FACOP, Brasil.; Universidade do Sagrado Coração, USC, Brasil.
Doutorado em Engenharia Química pela Universidade de São Paulo, USP, Brasil. Docente na Universidade do Sagrado Coração, USC, Brasil. Professora na Faculdade do Centro Oeste Paulista, FACOP, Brasil.; e na Universidade do Sagrado Coração, USC, Brasil.

Referências

ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) 1997. NBR 13969: tanques sépticos: unidades de tratamento complementar e disposição final dos efluentes líquidos: projeto, construção e operação, 60 pp.

CONAMA (Conselho Nacional do Meio Ambiente) 2005. Resolução CONAMA nº 357 de 18 de março de 2005. Diário Oficial da União 53:58-63.

CONAMA (Conselho Nacional do Meio Ambiente) 2011. Resolução CONAMA nº 430 de 13 de maio de 2011. Diário Oficial da União, 8 pp.

Hägg K. Calcium chloride as a co-coagulant [monograph on the Internet]. Sweden: KTH Royal Institute of Technology; 2015 [cited 2018 Mar 17]. Available from: http://www.diva-portal.org/smash/get/diva2:839318/FULLTEXT01.pdf.

Insel G, Gumuslu E, Yuksek G, Ucar NS, Cokgor EU, Olmez-Hanci T, Tas DO, Babuna FG, Ertem DF, Yildirim O, Erturan O, Kirci B 2017. Evaluation of water reuse in a metal finishing industry. Fresenius Environ Bull, 26:5-421.

Kuritza JC 2012. Aplicação da coagulação, floculação e sedimentação como pós-tratamento de efluente de uma indústria de papel e celulose. Universidade Estadual do Centro-Oeste, 109 pp.

Metcalf & Eddy Inc 2003. Wastewater engineering: treatment and reuse. 4th ed., McGraw-Hill, New York, 1819 pp.

Parron LM, Muniz DHF, Pereira CM 2011. Manual de procedimentos de amostragem e análise físico-química de água. Embrapa, Colombo, 67 pp.

Queissada DD, Silva FT, Paiva TCB 2011. Tratamentos integrados em efluente metal-mecânico: precipitação química e biotratamento em reator do tipo air-lift. Engenharia Sanitária e Ambiental, 16(2):8-181.

Rice EW, Baird RB, Eaton AD, Clesceri LS (eds.) 2012. Standard methods for the examination of water and wastewater. American Public Health Association, American Water Works Association, Water Environment Federation, 541 pp.

Rout D, Verma R, Agarwal SK 1999. Polyelectrolyte treatment: an approach for water quality improvement. Water Sci Technol, 40(2):41-137.

Silva DOZ, Mortari SR, Dressler VL, Salazar RFS, Santiago MR, Buriol GA 2014. Pré-tratamento de efluente metal mecânico por processos químicos: estudo de caso. Discip Sci, 15(1):17-27.

Teh CY, Budiman PM, Shak KPY, Wu TY 2016. Recent advancement of coagulation-flocculation and its application in wastewater treatment. Ind Eng Chem Res, 55(16):89-4363.

USEPA (United States Environmental Protection Agency) 2012. Guidelines for water reuse. Washington, United States Environmental Protection Agency, 618 pp.

WEF (Water Environment Federation) 2008. Industrial wastewater management, treatment, and disposal, 3rd ed., Water Environment Federation, Alexandria, USA, 568 pp.

Zenebon O, Pascuet NS, Tiglea P 2008. Métodos físico-químicos para análise de alimentos, Instituto Adolf Lutz, São Paulo, 589-625.
Publicado
2019-05-01
Como Citar
Marques, Marcela Grandinetti, Beatriz Antoniassi, Marcelo Telascrea, Osvaldo Cunha, e Marcia Rodrigues de Morais Chaves. 2019. Reuse of Treated Wastewater in Metal-Mechanics Industry: A Technical-Economic Evaluation. Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science 8 (2), 147-63. https://doi.org/https://doi.org/10.21664/2238-8869.2019v8i2.p147-163.
Seção
Dossiê - Tecnologias, Inovação e Sustentabilidade