Avaliação Económica de um Sistema de Produção Fotovoltaico para Autoconsumo

  • Ana Lúcia Costa Gomes Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu, Viseu (Portugal).
  • António Pedro Soares Pinto Instituto Politécnico de Viseu, Portugal.
  • Joana Rita Silva Fialho Instituto Politécnico Viseu, Portugal
Palavras-chave: Avaliação Económica, Sistemas FV

Resumo

A escassez de recursos naturais, o aumento de necessidades energéticas, os incentivos recentes em termos legislativos e uma preocupação crescente com as questões ambientais, desencadearam uma procura crescente de fontes alternativas de energia. Este estudo pretende analisar a viabilidade económica de um sistema fotovoltaico (FV) de produção de eletricidade para autoconsumo, no Campus Politécnico de Viseu. A avaliação foi efetuada, tendo por base a criação de 3 cenários para a potência de ligação do sistema FV, com métricas tradicionais (valor atual líquido e payback)e complementada com o recurso a técnicas de opções reais (árvores de decisão), que permitem integrar, na avaliação, fontes de incerteza e flexibilidade operacional. Em termos globais, o investimento revela interesse económico e o payback é inversamente proporcional ao valor da tarifa suportada na aquisição de energia à rede.

Biografia do Autor

Ana Lúcia Costa Gomes, Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu, Viseu (Portugal).
Mestrado em Finanças Empresariais pela Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu, Viseu (Portugal); Analista de Investimento de Risco Junior e Administrativa Risk Cap, Sliema (Malta)
António Pedro Soares Pinto, Instituto Politécnico de Viseu, Portugal.
Doutor em Gestão de Empresas pela Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra; Instituto Politécnico de Viseu, Portugal
Joana Rita Silva Fialho, Instituto Politécnico Viseu, Portugal
PhD em Gestão – Ciência Aplicada à Decisão pela Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra; Instituto Politécnico de Viseu, Portugal

Referências

Barros H 2014. Análise de Projectos de Investimentos. 5.ed. Sílabo, Lisboa, 180 pp.
Costa AS. O Setor da Eletricidade Renovável em Portugal. A APREN e as Universidades: A Importância da Biomassa no Contexto Energético Nacional. 2016 Apr. [cited 2017 Aug 30] Available from: http://www.apren.pt/fotos/editor2/05_04_as_renovaveis_em_portugal_apren_diafloresta2016.pdf.
Portugal 2014. Decreto-Lei n.º 153/2014. Diário da República Portuguesa n.º 202/2014, Série I de 2014-10-20
Dixit A, Pindyck R 1993. Investment under uncertainty. Princeton University Press, New Jersey, 488pp.
ERSE - Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos 2016. [cited 2017 Apr 16]. Available from: http://www.erse.pt/pt/glossario/Paginas/glossario.aspx?folder=baeaae46-4f3f-401d-91ff-668518dd41e8.
ERSE - Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos 2015. [cited 2017 Apr 15]. Available from: http://www.erse.pt/pt/electricidade/tarifaseprecos/2015/Paginas/default.aspx.
ERSE - Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos 2014. Parâmetros de Regulação para o Período 2015-2017. Lisboa.
Fialho J 2013. Avaliação de Projetos de Investigação e Desenvolvimento na Área das Telecomunicações, PhD ThesisFaculdade de Economia da Universidade de Coimbra, 171 pp.
Franco E, Monteiro N, Machado L 2015. Autoconsumo fotovoltaico - exemplo de dimensionamento e estudo económico. Renováveis Magazine. 28 de janeiro de 2015
Greenpeace and European Photovoltaic Industry Association. 2011. Solar Generation 6, Solar photovoltaic Electricity empowering the world. [cited 2017 Aug 30]. Available from: http://www.greenpeace.org/international/Global/international/publications/climate/2011/Final%20SolarGeneration%20VI%20full%20report%20lr.pdf.
Marques A 2014. Conceção e Análise de Projetos de Investimento. 4.ed. Sílabo, Lisboa, 316 pp.
Monteiro J 2014.Produção Fotovoltaica: Legislação, tarifas, tecnologia necessária e viabilidade económica para a produção numa perspetiva de chave na mão, Master Thesis,Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, 102 pp.
Pereira J 2016. Instalações Solares Fotovoltaicas para Autoconsumo: Análise e Perspetivas de Aplicação. Master Thesis, Porto: Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, 90 pp.
Pinto F 2015. Ordem Engenheiros. [cited 2017 Apr 17]. Available from: http://www.ordemengenheiros.pt/fotos/dossier_artigo/20151120_filipepinto_7615808675660254a2675c.pdf.
REN - Redes Energéticas Nacionais. 2015. Síntese anual 2011 - 2015 - REN. REN - Redes Energéticas Nacionais. [cited 2017 Apr 18]. Available from: http://www.mercado.ren.pt/PT/Electr/InfoMercado/ PressReleases/BibInfAnual/MercadoEletricidadeSinteseAnual2011_2015.pdf.
SMA Solar Technology AG. [cited on 2017 Apr 20]. Available from: http://www.sma.de/en/products/planning-software.html .
Yeo KT, Qiu F 2003. The value of management flexibility - a real options approach to investment evaluation. International Journal of Project Management.21: 243-250
Publicado
2018-02-02
Como Citar
Gomes, Ana Lúcia Costa, António Pedro Soares Pinto, e Joana Rita Silva Fialho. 2018. Avaliação Económica De Um Sistema De Produção Fotovoltaico Para Autoconsumo. Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science 6 (3), 83-98. https://doi.org/https://doi.org/10.21664/2238-8869.2017v6i3.p83-98.
Seção
Dossiê - Desenvolvimento Sustentável e Ecoempreendedorismo