Aproveitamento de Água de Chuva em unidades Educacionais do Rio Grande do Norte, Brasil

  • Xaila Sant Anna Amaral Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Ceres Virgínia da Costa Dantas Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
  • Carlos Antonio Lira Felipe Neto Universidade Federal de Campina Grande, UFCG, Brasil.
  • Cícero Onofre de Andrade Neto Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
  • André Luís Calado Araújo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, IFRN, Brasil.
Palavras-chave: Aproveitamento de Água de Chuva, Unidades Educacionais, Semiárido Brasileiro

Resumo

Com este estudo objetivou-se avaliar os sistemas de aproveitamento de água de chuva em unidades educacionais do Rio Grande do Norte. Inicialmente, foi realizado um levantamento de informações sobre os sistemas de aproveitamento de água de chuva dos campi do IFRN. Em seguida, os campi foram visitados para validação das informações colhidas e verificação de outros elementos pertinentes (áreas da superfície de captação, tipos e volumes de reservatórios, estado físico das instalações, condições operacionais e destino da água armazenada). Posteriormente, 4 unidades educacionais foram selecionadas e monitoradas mensalmente entre março e setembro de 2014 a fim de caracterizar a água de chuva armazenada, físico-química e microbiologicamente. Os resultados revelam que a água armazenada apresentou qualidade compatível para irrigação de áreas verdes, apesar de descuidos operacionais e sanitários. Conclui-se que sistemas de captação e armazenamento podem compatibilizar o uso racional, eficiente e sanitário da água de chuva no Semiárido brasileiro.

Biografia do Autor

Xaila Sant Anna Amaral, Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Mestrado em Engenharia Sanitária pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
Ceres Virgínia da Costa Dantas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
Mestrado em Engenharia Sanitária e Ambiental pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
Carlos Antonio Lira Felipe Neto, Universidade Federal de Campina Grande, UFCG, Brasil.
Doutorado em andamento em Recursos Naturais pela Universidade Federal de Campina Grande, UFCG, Brasil.
Cícero Onofre de Andrade Neto, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
Doutorado em Recursos Naturais pela Universidade Federal de Campina Grande, UFCG, Brasil. / Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
André Luís Calado Araújo, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, IFRN, Brasil.
Doutorado em Engenharia Civil pela University of Leeds, LEEDS, Inglaterra. Docente no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, IFRN, Brasil.

Referências

Abdulla FA, Al-Shareef AW 2009. Roof rainwater harvesting systems for household water supply in Jordan. Desalination 243:195-207.
Andrade Neto CO 2013. Aproveitamento imediato da água de chuva. Revista Eletrônica de Gestão e Tecnologias Ambientais 1(1):73-86.
Apha, Awwa, Wef 2005. Standard Methods for the Examination of Water and Wastewater. American Public Health Association, New York.
Baguma D, Loiskandl W, Darnhofer I, Jung H, Hauser M 2010. Knowledge of measures to safeguard harvested rainwater quality in rural domestic households. J. Water Health 8(2):334-345.
Bocanegra-Martínez A, Ponce-Ortega JM, Nápoles-Rivera F, Serna-González M, Castro-Montoya AJ, El-Halwagi M 2014. Optimal design of rainwater collecting systems for domestic use into a residential development. Resour. Conserv. Recycl. 84:44-56.
Brasil 2005. Conselho Nacional do Meio Ambiente. Resolução Nº 357, de 18 de março de 2005. Dispõe sobre a classificação dos corpos de água e diretrizes ambientais para o seu enquadramento, bem como estabelece as condições e padrões de lançamento de efluentes, e dá outras providências. Ministério do Meio Ambiente, Brasília.
Brasil 2007. Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR: 15527: água de chuva: aproveitamento de coberturas em áreas urbanas para fins não potáveis: requisitos. ABNT, São Paulo.
Brasil 2011. Portaria nº 2.914, de12 de dezembro de 2011. Dispõe sobre os procedimentos de controle e de vigilância da qualidade da água para consumo humano e seu padrão de potabilidade. Ministério da Saúde, Brasília.
Brasil 2017. Programa de Formação e Mobilização Social para Convivência com o Semiárido da ASA. Ações. ASA Brasil, Recife. [update 2017 Feb 3]. Available from: http://www.asabrasil.org.br.
Brito LTL, Cavalcanti NB, Pereira LA, Silva AS; Gnadlinger J 2010. Água de chuva armazenada em cisterna para produção de frutas e hortaliças. Embrapa Semiárido, Petrolina.
Cirilo JA, Montenegro SMGL, Campos JNB 2010. A questão da água no semiárido brasileiro. In: Bicudo CEM, Tundisi JG, Scheuenstuhl MCB. Águas do Brasil: análises estratégicas. São Paulo: São Paulo Instituto de Botânica, cap. 5, p. 1-13.
Heijnen H 2008. A captação de água da chuva: aspectos de qualidade da água, saúde e higiene. In: Simpósio Brasileiro de Manejo e Captação de Água de Chuva, 8., Campina Grande. Anais eletrônicos... [updated 2016 Dec 15]. Available from: http://www2.al.rs.gov.br/forumdemocratico/LinkClick. aspx?fileticket=Zv8iFiAtyTk%3D&tabid=5642.
Jones M, Hunt M 2010. Performance of rainwater harvesting systems in the Southeastern United States. Resour. Conserv. Recycl. 54:623-629.
Lubtiz M 2009. Disinfection of rainwater catchments: drinking water from the sky. Water Conditioning & Purification 16-17.
Luz LAR 2005. A reutilização da água: mais uma chance para nós. Qualitymark, Rio de Janeiro, 140pp.
Oliveira FMB 2008. Aproveitamento de água de chuva para fins não potáveis no Campus da Universidade Federal de Ouro Preto, Minas Gerais. Master dissertation, Universidade Federal de Ouro Preto, Minas Gerais, 114pp.
Werneck GAM 2006. Sistemas de utilização da água da chuva nas edificações: o estudo de caso da aplicação em escola de Barra do Piraí. Master dissertation, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 283pp.
Publicado
2017-12-31
Como Citar
Amaral, Xaila, Ceres Virgínia Dantas, Carlos Antonio Felipe Neto, Cícero Andrade Neto, e André Luís Araújo. 2017. “Aproveitamento De Água De Chuva Em Unidades Educacionais Do Rio Grande Do Norte, Brasi”l. Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science 6 (3), 45-63. https://doi.org/https://doi.org/10.21664/2238-8869.2017v6i3.p45-63.
Seção
Dossiê - Desenvolvimento Sustentável e Ecoempreendedorismo