Efetividade de um programa educativo-preventivo de saúde bucal em condições bucais entre escolares

Programa educativo-preventivo de saúde bucal

  • Inara Pereira Cunha Departamento de Odontologia Social, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Universidade Estadual de Campinas (FOP/UNICAMP), Piracicaba-SP, Brasil.
  • Fernanda Rodrigues de Farias Santos Departamento de Odontologia Social, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Universidade Estadual de Campinas (FOP/UNICAMP), Piracicaba-SP, Brasil.
  • Manoelito Ferreira Silva-Junior Departamento de Odontologia da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Ponta Grossa-PR, Brasil.
  • Marília Jesus Batista Departamento de Saúde Coletiva, Faculdade de Medicina de Jundiaí, Jundiaí-SP, Brasil.
  • Maria da Luz Rosário de Souza
Palavras-chave: Cárie dentária. Escolares. Programa preventivo e educativo.

Resumo

Objetivo: O estudo buscou avaliar a efetividade de um programa educativo-preventivo para a melhoria das condições bucais entre escolares, de duas escolas públicas de Piracicaba/SP. Métodos: Trata-se de um estudo de intervenção, controlado. A amostra foi constituída por 213 crianças, distribuída entre uma escola do grupo teste (n=109) e do grupo controle (n=104). O programa teve duração de 18 meses (2013 a 2015). Foram realizadas atividades educativas e exames clínicos antes e após a intervenção. No baseline, houve a aplicação de questionários. Resultado: O grupo teste apresentou inicialmente índice de biofilme de 23,5 e ao final uma média de 18,7, no grupo controle a média inicial foi de 23,93 para 22,01 ao final do programa. Houve redução de superfícies com manchas brancas no grupo teste (p<0,01), mas não para o grupo controle (p=0,110). Para a condição gengival o grupo teste também apresentou melhora, com redução da prevalência (p<0,05). Conclusão: As estratégias do programa foram efetivas, podendo ser reproduzidas em outros grupos de escolares.

Referências

1. Organização Mundial de Saúde. Diretriz: ingestão de açúcar por adultos e crianças. Genebra: OMS; 2015.
2. Brasil. Ministério da saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Coordenação Nacional de Saúde Bucal. SB2010. Pesquisa Nacional de Saúde Bucal. Resultados principais. Brasília: MS, 2011.
3. Freire MCM, Reis Sandra CGB, Figueiredo N, Peres KG, Moreira RS, Antunes JLF. Determinantes individuais e contextuais da cárie em crianças brasileiras de 12 anos em 2010. Rev. Saúde Pública. 2013; 47( Suppl 3 ): 40-49.
4. Anil S, Anand PS. Early Childhood Caries: Prevalence, Risk Factors, and Prevention. Front Pediatr. 20171;5:157.
5. Esan A, Folayan MO, Egbetade GO, Oyedele TA. Effect of a school-based oral health education programme on use of recommended oral self-care for reducing the risk of caries by children in Nigeria. Int J Paediatr Dent. 2015;25(4):282-90.
6. Culler CS, Kotelchuck M, Declercq E, Kuhlthau K, Jones K, Yoder KM. A School-Based Dental Program Evaluation: Comparison to the Massachusetts StatewideSurvey. J Sch Health. 2017;87(10):784-789.
7. Stein C, Santos NML, Hilgert JB, Hugo FN. Effectiveness of oral health education on oral hygiene and dental caries in schoolchildren: Systematic review and meta-analysis. Community Dent Oral Epidemiol. 2018;46(1):30-37.
8. Silva AM, Hegde S, Akudo Nwagbara B, Calache H, Gussy MG, Nasser M, Morrice HR, Riggs E, Leong PM, Meyenn LK, Yousefi-Nooraie R. Community-based population-level interventions for promoting child oral health. Cochrane Database. Syst Rev. 2016;9:CD009837.
9. Pinto VG. Saúde Bucal Coletiva. 6. ed. São Paulo: Santos, 2013.
10. Ainamo J, Bay I. Problems and proposals for recording gingivitis and plaque.Int Dent J. 1975;25(4):229-35.
11. Ismail AI, Sohn W, Tellez M, Amaya A, Sen A, Hasson H, Pitts NB. The International Caries Detection and Assessment System (ICDAS): an integrated system for measuring dental caries. Community Dent Oral Epidemiol. 2007;35(3):170-8.
12. Loe H, Silness J. Periodontal disease in pregnancy. I. prevalence and severity. Acta Odontol Scand. 1963;21:533-51.
13. Marcenes W, Kassebaum NJ, Bernabé E, Flaxman A, Naghavi M, Lopez A, Murray CJ. Global burden of oral conditions in 1990-2010: a systematic analysis. J Dent Res. 2013;92(7):592-7.
14. Souza JG, Martins AM, Silveira MF, Jones KM, Meirelles MP. Impact of oral clinical problems on oral health-related quality of life in brazilian children: a hierarchical approach. Int J Paediatr Dent. 2017;27(1):66-78.
15. Anopa Y, McMahon AD, Conway DI, Ball GE, McIntosh E, Macpherson LM. Improving Child Oral Health: Cost Analysis of a National Nursery Toothbrushing Programme. PLoS One. 2015;10(8):e0136211.
16. Assaf AV, Zanin L, Meneghim MC, Pereira AC, Ambrosano GMB. Comparação entre medidas de reprodutibilidade para a calibração em levantamentos epidemiológicos da cárie dentária. Cad. Saúde Pública. 2006; 22(9): 1901-1907.
17. Santos NML, Maders C, Lemos VMA, Ziembowicz LB. et al. O Impacto do Programa Preventivo-Educativo da Unidade de Saúde da Família Viçosa na Saúde Bucal de Escolares. Rev. Fac. Odontol. 2010;50(2):15-19.
18. Thylstrup A, Fejerskov O. Cariologia clínica. 3nd ed. São Paulo: Livraria Santos; 2001.
19. Rossi GN, Sorazabal AL, Salgado PA, Squassi AF, Klemonskis GL. Toothbrushing procedure in schoolchildren with no previous formal instruction: variables associated to dental biofilm removal. Acta Odontol Latinoam. 2016;29(1):82-89.
20. Amaral RC, Rihs LB, Sousa MLR, Wada RS. Avaliação longitudinal de um programa odontológico direcionado a crianças de instituições de ensino infantil de Piracicaba, São Paulo, Brasil. RFO UPF 2009; 14(3):203-10.
21. Silveira, JLGC, Oliveira V, Padilha WWN. Avaliação da redução do índice de placa visível e do índice de sangramento gengival em uma prática de promoção de saúde bucal com crianças. Pesqui. Odontol. Bras. 2002; 16(2): 169-174.
22. Hoffmeister L, Moya P, Vidal C, Benadof D. Factors associated with early childhood caries in Chile. Gac Sanit. 2016 Jan-Feb;30(1):59-62.
23. Toassi RFC, Petry PC. Motivação no controle do biofilme dental e sangramento gengival em escolares. Rev. Saúde Pública. 2002 ; 36(5): 634-637.
Publicado
2020-07-13