Análise do perfil clínico epidemiológico de acidentes por animais peçonhentos no município de Anápolis Goiás no período entre 2010 e 2018

  • Emanuel Fernandes de Souza Xavier
  • Paula Lorraynne Vinhal
  • Valesca Naciff Arias
  • Wanessa Lemos Araújo
  • Constanza Thaise Xavier da Silva

Resumo

RESUMO: As aranhas, escorpiões, abelhas e vespas são os principais animais artrópodes peçonhentos de interesse em saúde pública, pois causam acidentes cuja gravidade varia de leve a grave. O habitat natural modificado por ações antrópicas causa quebra na cadeia alimentar, acabando também com os abrigos, de modo a reduzir a qualidade e a disponibilidade de habitats, fazendo com que os contatos desses animais com humanos se tornem mais frequentes Como consequência, tornam se vulneráveis a estes ataques as crianças, donas de casa e trabalhadores de construção civil, al é m de outros trabalhadores braçais. O presente trabalho tem como objetivo identificar o perfil clínico epidemiológico dos acidentes por esses animais peçonhentos notificados na microrregião da cidade de Anápolis Goiás durante o período de 2010 2018. Trata se de um estudo epidemiológico, observacional, descritivo de natureza quantitativa para estudo do perfil cl í nico epidemiológico dos casos notificados de acidentes por animais peçonhentos. A coleta de dados será realizada a partir das Fichas de Notificação/Investigação Acidentes por Animais Peçonhentos no Departamento de Epidemiologia da Secretaria Municipal de Saúde de Anápolis. Espera se como resultado identificar o perfil clínico epidemiológico das vítimas de acidentes por animais peçonhentos, bem como os possíveis fatores de risco para tais episódios na microrregião. Ademais, espera se compreender se existe uma predominância de acidente por um dos animais analisados durante o estudo.    
Publicado
2019-11-23
Seção
RESUMOS - Medicina Preventiva