Dengue e suas consequentes manifestações cardíacas

  • Agatha Cabral Costa Felício
  • Isadora de Alencar Faria
  • Joaquim Pedro Figueira Marques
  • Laura Melo Perillo
  • Mariana Leite Coimbra
  • Henrique Poletti Zani

Resumo

RESUMO: A dengue é uma doença com uma alta incidência global, atingindo diversos países, incluindo o Brasil. Seus sintomas são febre, mialgia, artralgia, cefaléia e trombopenia. O objetivo do estudo foi verificar a relação entre dengue e complicações cardiovasculares. A dengue pode atingir outros órgãos, como é o caso do sistema cardiovascular, gerando sintomas cardíacos e que devem ser observados cuidadosamente. O artigo trata-se de uma mini revisão de literatura, contendo nove artigos sendo três primários e seis relatos de casos. A maioria dos artigos selecionados revelaram que os sintomas cardíacos mais comuns na dengue são arritmias e bloqueios cardíacos. Na maioria dos casos apresentados, não houve um tratamento de fato, apenas observaram o sintoma, conforme a dengue ia se curando. O sintoma cardíaco mais observado foi o bloqueio cardíaco que é um atraso na condução elétrica através do nódulo atrioventricular do feixe de His ou em ambas ramificações do feixe. É importante estudar esse assunto, visto que um maior conhecimento sobre outras manifestações da dengue permite um diagnóstico mais rápido em alguns casos.  
Publicado
2019-11-23
Seção
RESUMOS - Envelhecimento e Epidemiologia das Doenças Crônicas Não Transmissiveis