CANABIDIOL E SUAS APLICAÇÕES TERAPÊUTICAS

  • Érika Cardoso Gontijo
  • Geysilla Lorrany Castro
  • Anamaria Donato de Castro Petito
  • Guilherme Petito

Resumo

Introdução: Atualmente sabe-se que a Cannabis sativa, popularmente conhecida como maconha, apresenta substâncias com promissoras propriedades farmacológicas. Dentre estas destaca-se o canabidiol (CBD), que vem mostrando potencial efeito no tratamento de diversas doenças, como: autismo, epilepsia, ansiedade e outras. Objetivo: Evidenciar a  importância  do  estudo  sobre  o  CBD,  mostrando  como  essa  substância  apresenta efeitos promissores, para tratamento de várias doenças graves. Método: Trata-se de uma revisão da literatura, exploratória, de aspecto qualitativo, realizada por meio de busca ativa nas bases de dados do SCIELO, LILACS e da BIREME, utilizando como ferramenta de busca o site Periódicos Capes, utilizando as seguintes palavras-chave: C. sativa; Fitocanabinóides; Uso terapêutico. Resultados: Medicamentos com alto teor de CBD já vem sendo utilizado, em alguns países, inclusive no Brasil, em pacientes que sofrem severas crises convulsivas, até mesmo em pacientes infantis, apresentando bons resultados  e  poucos  efeitos  colaterais.  No  Brasil,  com  a  autorização  da  Agência Nacional   de   Vigilância   (ANVISA)   já   se   pode   importar   extratos   padronizados produzidos por indústrias farmacêuticas internacionais. Contudo, o processo ainda é burocrático. Além de ser usado no tratamento de epilepsia o CBD, se mostra promissor também no tratamento de outras doenças como ansiedade, doenças neurodegenerativas, esclerose múltipla e dor neuropática. Conclusão: As propriedades terapêuticas do CBD merecem atenção especial, devendo ser realizadas mais pesquisas para maior conhecimento dessa substância e consequentemente, conhecer melhor seu mecanismo de ação no tratamento de doenças.Palavras-Chave: Cannabis sativa; Fitocanabinóides; Uso terapêutico. 

Biografia do Autor

Érika Cardoso Gontijo
Publicado
2016-05-10