PROCEDIMENTOS RADIOLÓGICOS EM AMBIENTE DE UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA (UTI)

  • Renata Sousa Nunes Faculdade Evangélica de Ceres
  • Ludimila Batista França Faculdade Evangélica de Ceres
  • Renato Borges Aguiar Faculdade Evangélica de Ceres
Palavras-chave: Proteção radiológica, Raio-x, UTI

Resumo

INTRODUÇÃO: A radiografia (raio-x) é uma técnica antiga, porém muito eficaz, essa análise bibliográfica demonstra a importância desta técnica (exame) dentro do ambiente de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e seus meios de proteção contra a radiação. OBJETIVO: Analisar as opiniões dos autores sobre as técnicas radiológicas no ambiente de UTI. METODOLOGIA: Foram analisados artigos, livros e revistas  pesquisados em sites de fontes seguras os quais passaram por seleções de datas entre 1998 à 2016 e que estavam em língua portuguesa. RESULTADOS E DISCUSSÃO: De acordo com as informações de cada autor a radiografia (raio-x) tem um papel importante na monitorização do paciente no leito de UTI, sendo analisado junto ao uso de EPIs e EPCs durante o  procedimento radiológico. CONCLUSÃO: conclui-se que a imagem de radiografia no leito não tem boa qualidade e, que mesmo com o conhecimento, o profissional das técnicas radiológicas não são unânimes no uso com freqüência dos EPIs e EPCs.

Referências

BRASIL. Portaria nº 453, de 1 de junho de 1998. Dispõe sobre as diretrizes de proteção radiológica em radiodiagnóstico médico e odontológico. Diário oficial da República Federativa do Brasil. BRASÍLIA, DF, 1998


BONTRAGER KENNETH L. LAMPIGNANO JOHN P. Tratado de posicionamento radiografico e anatomia associada. Editora Elsevier 8º ED 2014


CHEREGATTI, ALINE LAURETI, AMORIM, CAROLINA PADRÃO, enfermagem em unidade de terapia intensiva. Editora Martinari 2ºEd 2011


COMISSÃO NACIONAL DE ENERGIA NUCLEAR. Diretrizes básicas de proteção radiológica. Rio de janeiro, 2005


COSTA DIRCEU DOS SANTOS, MICHELE DA SILVA RODRIGUES. Avaliação das condições de radioproteção em leito de uti, 2012


CRISTINA LÚCIA ROCHA CUBAS ROLIM, MONICA MARTINS. O uso de tomografia computadorizada nas internações por acidente vascular cerebral no sistema único de saúde no brasil, 2012. DISPONÍVEL EM WWW.SCIELO.ORG.


DERECH RODRIGO D. A. , JULIANA C., GERUSA R., LAURETE M. B., SUELEN S. Proteção radiológica em unidades de terapia intensiva. RADIOL BRAS [ONLINE].2015 HTTP:// EVENTOSCIENTIFICOS.IFSC.EDU.BR/INDEX.PHP/SEPEI/SEPEI2013/PAPER/DOWNLOAD/255/193


DIMENSTEIN E HORNOS, manual de proteção radiológica aplicada ao radiodiagnóstico. 3° edições, 2008


FEITOSA, JOSÉ LUCIO. Avaliação dos tópicos de qualidade e humanização na realização da radiografia no leito. 2009. DISPONÍVEL EM: WWW.SCIELO.ORG . ACESSO EM 17 DE ABR.


FELICIO, CÉLIA MARIA FERREIRA , RODRIGUES, VITOR MANUEL COSTA PEREIRA. A adaptação do técnico de radiologia às novas tecnologias. RADIOL BRAS [ONLINE]. 2010, VOL.43, N.1, PP.23-28. ISSN 0100-3984. HTTP://DX.DOI.ORG/10.1590/S0100-39842010000100008.


FLÔR, R. C.; KIRCHHOF, A. L.C. uma prática educativa de sensibilização quanto à exposição à radiação ionizante com profissionais de saúde. Rev. Brasileira de enfermagem, 2006.


GAGLIARDI RJ, RAFFIN CN, FABIO SRC. Tratamento da fase aguda do acidente vascular cerebral; projeto diretrizes - associação médica brasileira e conselho federal de medicina. Julho de 2001. Disponível em http://www. Projetodiretrizes.org.br/projeto_diretrizes/010.pdf.


GOAZ PW E HITE, radiologia oral: princípios e interpretacion. 3° ed são paulo: livraria e editora santos, 2007


Historia da radiologia. Disponível: https.www.conter.gov.br/site/historico acesso em 17de abril de 2017


KLEIN TAISE COSTA RIBEIRO, GILSON BITTENCOURT VIEIRA, Rotina de precaução na realização de radiografia no leito, comissão de controle de infecção hospitalar 2014.


LACERDA, MARCO AURÉLIO DE SOUSA ET AL. Riscos dos exames radiográficos em recém-nascidos internados em um hospital público de belo horizonte, MG. Radiol. Bras.2009


LEITÃO, I.M.T.A, FERNANDES, A.L, RAMOS, I.C. Saúde ocupacional : analisando os riscos relacionado à equipe de enfermagem numa unidade de terapia intensiva. Cienc cuid saúde. Saúde ocupacional em uti. V.7(4), 2008.


LIMA CR. Estudo da obtenção de imagens de tomografia de impedância elétrica do pulmão pelo método de otimização topológica [TESE].Universidade de são paulo, escola politécnica são paulo; 2006.


LIMA, ANDERSON ARAÚJO DE; CARVALHO, ANTONIO CARLOS PIRES; AZEVEDO, ANA CECÍLIA PEDROSA DE. Avaliação dos padrões de dose em radiologia pediátrica. Radiol bras. 2004.


MACEDO, HELGA ALEXANDRA SOARES; RODRIGUES, VITOR MANUEL COSTA PEREIRA. Programa de controle de qualidade: a visão do técnico de radiologia. Radiol brás.2015


MARCHIORI EDSON, SANTOS MARIA LUCIA . Introdução a radiologia. Ed Guanabara 2°ed 2016.


MARTINS, WILSON DENIS. Wilhelm conrad roentgen e a descoberta do raio x reve. De clin. Pesq. Odontolo. V1, n3. Jan/mar.2005.


MASTROENI, Biossegurança aplicada a laboratório e serviços de saúde, 2º ED., 2006.


MEDEIROS, R.B.; ALVES, F.F.R.; RUBERTI FILHA, E.M. Proteção à radiação nos exames radiológicos efetuados no leito. IN: 32ª jornada paulista de radiologia. Anais…são paulo: 2002.


MENEGOLO, D.R.R. BORSATO, L.A. RADIOLOGIA DIGITAL: Comparação entre os sistemas de aquisição de imagem, 2013. Disponível em www.scielo.org


MORAES, Manual medicina nuclear, 2007.


RENATA ANDREIA PIETRO PEREIRA VIANA; IVETH YAMAGUCHI WHITAKER E COLABORADORES, Enfermagem em terapia intensiva ed artmed.2010


ROSARIO E VLADI, Manual de biossegurança, 2002.


RUZA, GUSTAVO CATALAN; MORITZ, RACHEL DUARTE AND MACHADO, FERNANDO OSNI. Radiografia de tórax de rotina em terapia intensiva: impacto na tomada de decisão. Rev. Bras. Ter. Intensiva [online]. 2012, vol.24, n.3, pp.252-257. Issn 0103-507x. Http://dx.doi.org/10. 1590/s0103-507x2012000300008.


SANTOS W.S. E A. F. MAIA . Riscos ocupacionais e do público durante exames radiológicos em unidades de terapia intensiva (utis) de um hospital público de sergipe, 2009.


ALAN CRISTIAN RODRIGUES JORGE, ANA CLAUDIA SOARES DE LIMA, BRUNA SKREBSKY, ROMALDO BOMFIM MEDINA JUNIOR THIANA SEBBEM PASA. Saúde do trabalhador na unidade de terapia intensiva. Disponível em http://www.abennacional.org.br/2siten/arquivos/n.115.pdf.


SMELTZER, SUZANNE; BARE, BRENDA. BRUNNER & SUDDARTH. Tratado de enfermagem médicoirúrgica. 11.ed. São paulo: guanabara koogan, 2009.


SOUZA E SOARES. Correlações técnicas e ocupacionais da radiologia, 2008.

WILLIAM S. SANTOS, DANIEL M. DIAS, JOÃO V. BATISTA, ANA F. MAIA, Avaliação dosimétricas numa unidade de terapia intensiva neonatal de uma maternidade pública do estado de sergipe, associação brasileira de física médica, 2010.
Publicado
2018-11-07