Painel de Indicadores em Pequenas Propriedades Rurais

  • Carlos Cândido da Silva Cyrne Universidade do Vale do Taquari, UNIVATES, Brasil.
  • Claus Haetinger Universidade do Vale do Taquari, UNIVATES, Brasil.
  • Claudete Rempel Universidade do Vale do Taquari, UNIVATES, Brasil.
  • Chantréli Scheneider Universidade do Vale do Taquari, UNIVATES, Brasil.
Palavras-chave: Sistema, Gestão, Indicadores, Agronegócios, Familiar

Resumo

Os empreendimentos rurais possuem um papel importante no cenário econômico nacional, contudo a ineficiência na gestão afeta negativamente seu desempenho, sendo esta a problemática estudada. Este artigo tem como objetivo, e traz como contribuição, a proposição um modelo de painel de indicadores que oportuniza um melhor processo de gerenciamento das propriedades rurais.  Para a elaboração da proposta os autores fizeram uso do método indutivo, valendo-se de uma pesquisa descritiva, quanto aos fins; bibliográfica, observacional, documental e de campo, constituindo-se o estudo de caso ponto de partida para a proposta. Do ponto de vista da abordagem do problema caracteriza-se como uma pesquisa quali-quantitativa. Foram observadas propriedades produtoras de leite no Vale do Taquari/RS e na Região da Galícia na Espanha. Após coletados os dados foi possível constatar o não uso de indicadores pelos produtores e então elaborar a proposta aqui apresentada.

Biografia do Autor

Carlos Cândido da Silva Cyrne, Universidade do Vale do Taquari, UNIVATES, Brasil.
Doutorado em Ambiente e Desenvolvimento pela Universidade do Vale do Taquari, UNIVATES, Brasil com período sanduíche em Universidad de Santiago de Compostela - Campus Lugo. Docente na Universidade do Vale do Taquari, UNIVATES, Brasil
Claus Haetinger, Universidade do Vale do Taquari, UNIVATES, Brasil.
Doutorado em Matemática pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil. Docente na Universidade do Vale do Taquari, UNIVATES, Brasil.
Claudete Rempel, Universidade do Vale do Taquari, UNIVATES, Brasil.
Doutorado em Ecologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil. Docente na Universidade do Vale do Taquari, UNIVATES, Brasil.
Chantréli Scheneider, Universidade do Vale do Taquari, UNIVATES, Brasil.
Graduação em andamento em Engenharia de Produção pela Universidade do Vale do Taquari, UNIVATES, Brasil.

Referências

Araújo Júnior IC 2009. Elementos Para Avaliação da Maturidade de Sistemas de Medição de Desempenho, Dissertação de Mestrado, UFSCar, São Carlos, 91 pp.
Avila ML, Avila SSA, Ferreira CJF. Administração rural: elementos de estudo na Fazenda Corrégo da Liberdade no município de Ipiranga de Goiás. Rev Eletr Cienc Adm [Revista Eletrônica]. 2003 Nov [Acesso em 2013 Jul 01];1(2):[p. 1-8]. Disponível em: http://www.periodicosibepes.org.br/index.php/recadm/article/view/454.
Barbeyto Nistal F, López Garrido C 2008. Resultados do Programa de Xestión de Vacún de Leite en Galicia en 2008. Xunta de Galicia, Santiago de Compostela, 99 pp.
Barden JE 2009. Indicador Social para o Rio Grande do Sul: uma análise a partir da abordagem das capacitações, Tese de Doutorado em Economia, UFRGS, Porto Alegre, 211 pp.
Batalha MO, Buainain AM, Souza Filho HM 2005. Tecnologia de Gestão e Agricultura Familiar. In: Souza Filho HM, Batalha MO (Org.) Gestão integrada da agricultura familiar, EdUFSCar, São Carlos, p. 1-19. Disponível em: http://www2.ufersa.edu.br/portal/view/uploads/setores/241/Tecnologia%20de%20Gestão%20e%20Agricultura%20Familiar.pdf.
Bortolini G 2010. Gestão da Pequena Unidade Familiar Produtora de Leite: um modelo de gestão através da compreensão da unidade de produção, Monografia de Especialização em Gestão do Agronegócio, Unisinos, São Leopoldo, 57 pp.
Bourne M, et al. 2002. The success and failure of performance measurement initiatives: perceptions of participating managers. IJOPM, 22(11):1288-1310.
Bourne M, et al. 2003. Implementing performance measurement systems: a literature review. Int. J. of Business Performance Management, 5(1):1-24.
Callado ALC, Callado AAC, Almeida MA. A utilização de indicadores gerenciais de desempenho industrial no âmbito de agroindústrias. Sistemas & Gestão [Revista Eletrônica]. 2007 Ago [Acesso 2013 Jul 01]; 2(2):[p. 102-18]. Disponível em: http://www.uff.br/sg/index.php/sg.
Canziani JRF 2001. Assessoria Administrativa a Produtores Rurais no Brasil, Tese de Doutorado em Economia Aplicada, USP, Piracicaba, 237 pp.
Cardín Pedrosa M, Álvarez López CJ. Model for decisionmaking in agricultural production planning. Computers and Eletronics in Agriculture [Revista Eletrônica]. 2012 Mar [Acesso em 2013 Jul 01];82:[p. 87-95]. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0168169911002833.
Dantas LO 2009. Administrando a empresa produtora de leite. In: Brito et al. Bovinocultura leiteira: informações técnicas e de gestão, Sebrae/RS, Natal, p. 256-61.
De Velasco JAPF 1996. Gestión por processos: reingeneria y mejora de los processos de empresa. Esic Editorial, Madrid, 379 pp.
Eyerkaufer ML 2007. Contabilidade Gerencial na Gestão de Propriedades Rurais: um estudo das propriedades leiteiras no extremo oeste do Estado de Santa Catarina, Dissertação de Mestrado em Ciências Contábies, Universidade Regional de Blumenau, Blumenau, 151 pp.
Figueiredo MAD 2003. Sistemas de medição de desempenho organizacional: um modelo para auxiliar a sua auto-avaliação. COPPE/UFRL, Rio de Janeiro, 274 pp.
Hourneaux Junior F 2010. Relação entre as partes interessadas (stakeholders) e os sistemas de mensuração do desempenho nas organizações, Tese de Doutorado, USP, 210 pp.
Hronec ST 1994. Sinais vitais: usando medidas do desempenho da qualidade, tempo e custo para traçar a rota para o futuro de sua empresa. Makron Books, São Paulo, 240 pp.
Irimia Fernández S, Escudero Roldós C, Álvarez Lópes CJ 2012. Metología para Medir La Eficiencia en Las Explotaciones de Vacuno 199 Lechero de Galicia. In: CONGRESO INTERNACIONAL DE INGENIERÍA DE PROYECTOS, 16, Anais..., Universitat Politècnica de València, Valência, p. 692-702.
Johnson HT, Kaplan RS 1993. Contabilidade Gerencial: a restauração da relevância da contabilidade nas empresas. Campus, Rio de Janeiro, 239 pp.
Kaplan RS, Norton DP 1997a. Cuadro de Mando Integral (The Balanced Scorecard). Edicones Gestión 2000, Barcelona, 321 pp.
______ 1997b. A estratégia em Ação: Balanced Scorecard. Campus, Rio de Janeiro, 344 pp.
______ 2002. Cuadro de Mando Integral (The Balanced Scorecard). Edicones Gestión 2000, Barcelona, 321 pp.
Keeble JJ, Topiol S, Berkeley S 2003. Using indicators to measure sustainbility performance at a corporate and project level. J Business Ethics 44:149-58.
Lima RS 2010. Proposta de modelo para implantação de um sistema de indicadores de desempenho, Dissertação de Mestrado, Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, 134 pp.
Lopes Junior 2010. Sistemas de medição de desempenho organizacional: equação de um modelo para pequenas empresas de confecção do Ceará, Dissertação de Mestrado Acadêmico em Administração, Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza, 179 pp.
Lourenzani WL, et al. 2008. A qualificação em gestão da agricultura familiar: a experiência de alta paulista. Rev Ciência em Extensão 4(1):62-76.
Lourenzani WL, Souza Filho IM, Bànkuti FI. Gestão da empresa rural: uma abordagem sistêmica. Gepai/UFSCar [site]. 2003 [Acesso em 2014 Out 23];[p. 1-12]. Disponível em: http://www.gepai.dep.ufscar.br/pdfs/1102012100_LourenzaniSouzaBankutipdf.
Machado RT 2001. Análise sócio econômica e perspectivas de desenvolvimento para os produtores de leite do município de Crissiumal – RS, Dissertação de Mestrado em Desenvolvimento Rural, UFRGS, Porto Alegre, 155 pp.
Marinho VS, Selig PM 2009. Análise comparativa do balanced scorecard com alguns dos principais sistemas de medição de desempenho. Rev Gestão Industrial 5(3):177-98.
Miranda JEC, Diniz FH, Andreoli AF 2008. Planejamento da atividade leiteira: sugestões para os produtores iniciantes. Embrapa, Juiz de Fora, p. 1-12.
Navarro GP 2005. Proposta de sistema de indicadores de desempenho para a gestão de empreendimentos de edificações residenciais, Dissertação de Mestrado profissionalizante em Engenharia, UFRGS, Porto Alegre, 165 pp.
Neely A, Adams C 2002. The Performance Prism. Person Education Limited, London, 14 pp. [Acesso 2014 Out 31]. Disponível em: http://www.som.cranfield.ac.uk/som/cbp/index.htm.
Neely A, Adams C, Kennerley M 2002. The performance prism: the scorecard for measuring and managing business success. Pearson Education, Edinburh, 379 pp.
Neely A, et al. 2000. Performance measurement system design: developing and testing a process-based approach. IJOPM, 20(10):119-1145.
Neely A, Gregory M, Platts K 1995. Performance measurement system design: a literature review and research agenda. IJOPM, 15(4):80-116.
Neves MF, Campos EM (Coord.) 2007. Planejamento e gestão estratégica para o leite em São Paulo, Sebrae, São Paulo, p. 368.
Nudurupati SS, et al. 2011. State of the art literature review on performance measurement. Computers & Industrial Engineering 60:279-90.
Padilha ACM, et al. 2010. O desenvolvimento do diagnóstico estratégico em propriedades rurais do agronegócio: análise ambiental em uma propriedade rural familiar. Rev INGEPRO, 2(6):57-8, Jun.
Pozzobon DM, Löebler ML, Silveira VCP 2006. O Processo de Estratégia em Empresas Agropecuárias: proposição de uma metodologia de formulação e implementação. In: Congresso da Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural, 44, Anais..., SOBER, Fortaleza, p. 1-20.
Prancic E 2009. Modelo para concepção de sistemas de medição de desempenho do processo de desenvolvimento de produto, Tese de Doutorado, UFSCar, São Carlos, 182 pp.
Rempel C, et al. Proposta metodológica de avaliação da sustentabilidade ambiental de propriedades produtoras de leite. Tecno-Lógica [Revista Eletrônica]. 2012 Jan/Jun [Acesso 2013 Mar 18];16(1):[p. 48-55]. Disponível em: https://online.unisc.br/seer/index.php/tecnologica/article/view/2613/2094.
Sexto CF, et al. 2007. La agricultura familiar sostenible em sistemas minifundistas: estudio de casos comparados en Galicia e Irlanda. Rev de Estudios sobre Despoblación y Desarrollo Rural (6):101-28.
Siluk JCM 2007. Modelo de gestão organizacional com base em um sistema de avaliação de desempenho, Tese de Doutorado em Engenharia de Produção, UFSC, Florianópolis, 176 pp.
Silva LC 2003. O Balanced Scorecard e o processo estratégico. Cad Pesq Adm 10(10):61-73.
Silva MZ, Rech LC, Rech GM. Estudo sobre as práticas de gestão utilizadas no gerenciamento das pequenas propriedades rurais de Guaramirim. Ciênc Soc em Persp [Revista Eletrônica]. 2010 Jul-Dez [Acesso em 2013 Jun 16];9(17):[p. 57-74]. Disponível em: http://e-revista.unioeste.br/index.php/ccsaemperspectiva/article/view/3969.
Sink DS, Tuttle TC 1993. Planejamento e medição para a performance. Qualitymark, Rio de Janeiro, 344 pp.
Sobreira Neto F 2006. Medição de desempenho do gerenciamento de processos de negócio – BPM no PNAFE: uma proposta de modelo, Tese de Doutorado, USP, São Paulo, 212 pp.
Sobreira Neto F 2007. Medição de desempenho organizacional: um estudo das vantagens e desvantagens dos principais sistemas sob as óticas teórico-acadêmica e de práticas de mercado. In ENCONTRO DA ANPAD, 31, Anais..., ANPAD, Rio de Janeiro, p. 1-16.
Sorensen CG, et al. Conceptual model of a future farm management information system. Computers and Electronics in Agriculture [Revista Eletrônica]. 2010 Jun [Acesso 2013 Set 30]; 72(2010):[p. 37-47]. Disponível em: http://arshadfile.ir/wp-content/uploads/2016/08/conceptual_model.pdf.
Souza AE 2011. Indicadores de mensuração de desempenho em pequenas e médias empresas (PMEs): estudo no setor calçadista de Santa Catarina, Tese de Doutorado, USP, São Paulo, 248 pp.
Tezza R, Bornia AC, Vey IH 2010. Sistemas de medição de desempenho: uma revisão e classificação da literatura. Gestão da Produção 17(1):75-93.
Tironi LF, et al. 1991. TD 0238 – Critérios para a Geração de Indicadores de Qualidade e Produtividade no Serviço Público, Ipea, Brasília, 18 pp. Disponível em: http://www.ipea.gov.br/portal/index.php?option=com_content&view=article&id=3261.
Viana G, Ferras PR 2007. A Cadeia Produtiva do Leite: um estudo sobre a organização da cadeia e sua importância para o desenvolvimento regional. Rev Capital Científico 5(1):718-2911, jan/dez.
Zoccal R 2013. Produção Mundial e Nacional de Leite. In: FERNANDES, Elizabeth Nogueira et al. Alternativas para produção sustentável da Amazônia. Embrapa, Brasília/DF, p. 293-302.
Publicado
2017-12-31
Como Citar
Cyrne, Carlos Cândido da Silva, Claus Haetinger, Claudete Rempel, e Chantréli Scheneider. 2017. Painel De Indicadores Em Pequenas Propriedades Rurais. Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science 6 (3), 162-86. https://doi.org/https://doi.org/10.21664/2238-8869.2017v6i3.p162-186.
Seção
Dossiê - Desenvolvimento Sustentável e Ecoempreendedorismo