Pessoas Residuais e os Resíduos das Pessoas: Problemas e perspectivas da inclusão socioeconômica dos catadores de materiais recicláveis

  • Valéria Gentil Almeida
  • Izabel Cristina B. B. Zaneti

Resumo

Na perspectiva do desenvolvimento sustentável e da gradual transição para uma economia verde, empregos e igualdade social são temas relevantes. Existe uma relação direta entre geração de emprego, renda e produção de resíduos. O acúmulo desses últimos foi agravado, em nossa época, pelo consumismo exacerbado e pelo crescimento desordenado das cidades, ocasionando sérios problemas como a proliferação de doenças e degradação ambiental. Nos moldes norteadores do esverdeamento da economia, o objetivo deste artigo diz respeito a um dos setores-chave desta, a inclusão socioeconômica dos catadores de materiais recicláveis. Os procedimentos metodológicos utilizados são as de investigação exploratória, pesquisas bibliográfica, documental e de campo (cujos resultados ainda não foram devidamente sistematizados), e consistem em observar e interpretar a real situação desses trabalhadores...Palavras chave: Economia Verde; Inclusão Socioeconômica; Pessoas Residuais; Aterros Sanitários.

Biografia do Autor

Valéria Gentil Almeida
Doutora em Desenvolvimento Sustentável pela Universidade de Brasilia. Professora da Universidade de Brasília, Brasil.
Izabel Cristina B. B. Zaneti
Doutora em Desenvolvimento Sustentável pela Universidade de Brasilia. Professora da Universidade de Brasília, Brasil.

Referências

Abal (Associação Brasileira do Alumínio). [homepage on the Internet]. Disponível em: http://www.abal.org.br/
Abrelpe (Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais) 2013. [homepage on the Internet]. Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil. São Paulo: Disponível em: http://www.abrelpe.org.br/Panorama/panorama2013.pdf
Albuquerque F 2013. 42% dos resíduos sólidos coletados no país vão para locais inadequados, indica estudo. Maio/2012. [homepage on the Internet]. Disponível em: http://agenciabrasil.ebc.com.br/ noticia/2012-05-08/42-dos-residuos-solidos-coletados-no-pais-vao-para-locais-inadequados-indica-estudo. Acesso em: 21/03/2013.
Arendt, H 1999. A condição Humana. Forense Universitária, Rio de Janeiro.
Boschi GB 2000. Cooperativa de trabalho urbano e a terceirização da atividade fim. Dissertação de Mestrado. PUC-SP, Faculdade de Direito.
Brasil 2010. Lei 12.305 de agosto de 2010. Presidência da República. Casa Civil. Brasília. [homepage on the Internet]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2010/lei/l12305.htm. Acesso em: 13/06/2013.
Brasil 2012. Ipea. Plano Nacional de Resíduos Sólidos: Diagnóstico dos Resíduos Urbanos, Agrosilvopastoris e a Questão dos Catadores. n.º 145. [Brasília – DF]. Disponível em: http://www.ipea.gov.br/portal/images/stories/PDFs/comunicado/120425_comunicadoipea0145.pdf. Acesso em: 21/03/2014.
Bursztyn M 2003. No meio da rua: Nômades, Excluídos e viradores. Garamond , Rio de Janeiro.
Calderoni S 2004. Os Bilhões Perdidos no Lixo. Humanitas , São Paulo.
Escorel S 1998. Vidas ao léu: uma etnografia da exclusão social. Tese de Doutorado apresentada ao Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília.
Gentil VA 2008. Pessoas Residuais e os Resíduos das Pessoas: uma análise do desenvolvimento mercadológico do Distrito Federal. Dissertação de Mestrado do Centro de Desenvolvimento Sustentável da Universidade de Brasília - CDS/UnB.
Gentil VA 2013. O Esverdeamento da Economia e os Tributos Verdes: um duro caminho rumo à sustentabilidade da gestão dos resíduos sólidos urbanos. Tese de Doutorado apresentada ao Centro de Desenvolvimento Sustentável da Universidade de Brasília – CDS/UnB. Brasília/UnB.
Kerlinger FN 1980. Metodologia da Pesquisa em Ciências Sociais: um tratamento conceitual. EPU, São Paulo.
Migliano JEB 2012. Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS): Perspectivas, Desafios e Oportunidades da Logística Reversa para a Indústria Nacional de Computadores. Dissertação de Mestrado em Administração apresentada ao Centro Universitário da FEI.
Oliveira E 2006. MIC – Metodologias de Investigação Científica: Aulas de Metodologias de Investigação Científica. Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP).
Unep (United Nations Environment Programme) 2011a. Towards a green economy: pathways to sustainable development and poverty eradication. Nairobi: Unep.
Unep (United Nations Environment Programme) 2011b. What is the Green Economy? Disponível em: http://www.unep.org/greeneconomy/AboutGEI/WhatisGEI/tabid/29784/Default.aspx. Acesso em: 07/03/2011.
Zaneti ICBB 2006. As Sobras da Modernidade – O sistema de gestão de resíduos sólidos em Porto Alegre. Corag: Rio Grande do Sul.
Publicado
2015-07-31