A adesão e a satisfação dos estudantes de medicina do internato da UniEvangélica com os cursos preparatórios para residência médica

  • Áurea Gomes Pidde
  • Gustavo Urzêda Vitória
  • Marcos Paulo Silva Siqueira
  • Paulo Vitor Carvalho Dutra
  • Pedro Humberto Guimarães Alves
  • Denis Masashi Sugita

Resumo

RESUMO: A residência médica surgiu na finalidade de complementar a formação médica, permitindo que o profissional se especialize em determinada área de escolha, entretanto a concorrência cresce gradativamente, limitando a entrada de grande quantidade de médicos que desejam o título de especialista. Portanto, a procura pelos cursinhos preparatórios para residência médica tem aumentado consideravelmente, tendo em vista que os alunos do internato almejam uma vaga, a qual é extremamente concorrida, na especialidade que deseja, logo ao final da sua graduação. Assim as consequências se elevaram, concomitantemente, haja vista o desenvolvimento de distúrbios emocionais e psicológicos, além da diminuição do rendimento nas atividades curriculares próprias do curso. Sendo assim, o objetivo do trabalho é avaliar a adesão e a satisfação dos estudantes do internato da UniEVANGÉLICA com os cursinhos preparatórios para residência médica. Esse estudo, observacional e analítico, utilizará de questionários compostos de questões de múltipla escolha e discursivas, sendo aplicados aos alunos do décimo período de medicina do Centro Universitário de Anápolis – UniEVANGÉLICA, Anápolis-GO. Espera-se com esse pré-projeto é contribuir para a decisão do graduando de medicina questionando a eficiência desses cursinhos na preparação para residência médica.  
Publicado
2020-06-29
Seção
RESUMOS - Educação em Saúde