Espelho Obscuro E Social Da Jovem Mãe: Uma Revisão De Literatura

  • Carolina Moraes de Lima Saad
  • Caroline Viegas Dutra
  • Eduardo Rodrigues Maciel
  • Natália Moreira Camilo Japiassú
  • Vitória Régia Siqueira Paranhos
  • Renata Silva do Prado

Resumo

RESUMO: Devido as transformações vivenciadas durante a gravidez faz-se fundamental que o organismo da mulher esteja preparado psicologicamente e fisiologicamente, o que nem sempre é possível em mães jovens. A presente revisão de literatura avalia a propensão de desenvolvimento de transtornos psicológicos nessas jovens mães. Esta mini revisão foi realizada a partir de pesquisa em bases de dados eletrônicos, selecionando-se cinco artigos, que se utilizaram de entrevistas, questionários e uma revisão sistemática da literatura. Os seguintes bancos de dados foram utilizados: U.S National Library of Medicine (PubMed) e Google Acadêmico. Os resultados demonstraram que mães jovens tem propensão de desenvolvimento de transtornospsicológicos quando levados em consideração fatores como: relações sociais, dificuldades financeiras e violência. Nesse contexto, apresentam de 2 até 4 vezes mais chances de desenvolverem psicoses comparado a mães mais velhas. Além disso, percebeu-se que a ocorrência dos casos de aborto foi maior em gravidezes resultantes de relações instáveis e com parceiros diferentes, em condições de dificuldades financeiras. Sendo assim, ficou evidente através dos resultados obtidos que mães jovens têm maior propensão a desenvolverem tais transtornos.
Publicado
2020-06-23
Seção
RESUMOS - Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente