Efeitos Psicológicos Da Mastectomia Nas Mulheres

  • Cibele Naves Lamounier
  • Guilherme Miguel Hanna
  • Isabela Custódio Gomes Daia
  • Juliana Siqueira Felipe
  • Laura Martins de Oliveira
  • Léa Resende Moura

Resumo

RESUMO: Órgão de amamentação e símbolo da feminilidade, os seios representam, ao mesmo tempo, fonte de vida, expressão da maternidade e de fertilidade, além do erotismo e de emancipação feminina. Porém, quando esse órgão adoece, surge um sentimento que afeta a autoestima da mulher. Uma das mais prevalentes doenças que acomete essa região é o câncer de mama que, dependendo do seu estadiamento, pode gerar a necessidade de retirada da mama. Este trabalho consiste em uma revisão bibliográfica que tem como objetivo analisar os impactos psicológicos envolvidos no póscirúrgico da mastectomia e relacioná-los aos aspectos familiar, religioso e individual da vida da mulher. Para isso, foram selecionados artigos, publicados por meio da plataforma BVS (Biblioteca Virtual em Saúde), com uso dos seguintes descritores: câncer de mama, mastectomia e psicológico. Além da sensação de perda de um órgão tão significante na vida da mulher, a cirurgia causa danos à funcionalidade do braço do lado afetado que impossibilita atividades simples e da rotina, aumentando ainda mais o impacto emocional. Tal impacto também está relacionado à rede de apoio a qual essa mulher pertence, à idade, à escolaridade, ao tempo decorrente ao pós-cirúrgico, à religiosidade,entre outros. Além das orientações e auxílios pré-operatórios, os apoios multiprofissional, familiar e religioso são de fundamental importância para recuperação e manutenção da qualidade de vida da mulher. É essencial que os profissionais de saúde lidem não somente com a questão física da doença, mas também entendam sobre a necessidade de amparo psicológico à mulher
Publicado
2020-06-23
Seção
RESUMOS - Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente