Efeitos da Religião/Espiritualidade no Tratamento de Enfermidades

  • Camila Gomes Guida
  • Marcela Donley Wirgues
  • Letícia Silva Victor
  • Isabella Maria Coutinho
  • Ester Ramos de Oliveira Guimarães
  • Cristiane Teixeira Vilhena Bernardes

Resumo

RESUMO: No âmbito de práticas de saúde, percebe-se uma frequente associação entre as possíveis influências de fatores religiosos e espirituais no tratamento de enfermidades. Nessa perspectiva, essa interação de religião/espiritualidade e tratamento tem sido alvo de diversos estudos, tanto da área da saúde como de ciências sociais, sobretudo nos últimos anos, visto que a tolerância religiosa/cultural se difundiu mais pelo mundo. Com isso, tornou-se conhecido uma expressão chamada: enfrentamento religioso, que significa um conjunto de estratégias, cognitivas e comportamentais, utilizadas com o objetivo de enfrentar situações de estresse. Sendo assim, o objetivo deste artigo é relacionar os efeitos da religião/espiritualidade no tratamento de doenças, tanto nos pacientes quanto da equipe de saúde. Para sua elaboração foram usados os Descritores Ciências da Saúde (DeSC): “Faith Healing”, “Religion and Medicine” e “Religion and Science” e a partir de 23 artigos base encontrados no banco de dados Public Medlines (PUBMED), publicados entre 2017 e 2020, em língua inglesa e portuguesa. Assim, concluiu-se que fatores culturais religiosos, tais como, a própria religião, orações, amuletos e objetivos que representem espiritualidade para o paciente e sua família influenciam positivamente no tratamento de doenças. Os resultados mostraram que a espiritualidade e a religião possuem significativa influência no tratamento das enfermidades, na maioria das vezes de forma positiva, contribuindo, dessa forma, como recurso terapêutico.
Publicado
2020-06-22
Seção
RESUMOS - Medicina Preventiva