Conhecimento, atitude e prática: conceitos e desafios na área de educação e saúde

  • Isabelle Patriciá Freitas Soares Chariglione Universidade de Brasília
Palavras-chave: conhecimentos, atitudes e prática em saúde, enfermagem

Resumo

Objetivo: Realizar uma análise crítica sobre a utilidade e o valor dos inquéritos que o método Pesquisa de Conhecimento, Atitude e Prática (CAP). Fontes de dados: Foram utilizadas as bases de dados MEDLINE/PubMed, ScienceDirect Journals, Elsevier e Oxford Journals. Após os critérios de inclusão e exclusão foram analisados e discutidos 16 estudos publicados nos últimos 10 anos. Resultados: Síntese dos dados: Os estudos CAP foram usados para fins de diagnóstico e ​​como ferramenta de planejamento e avaliação de intervenções de saúde. O método mostrou-se com maior aplicação nos estudos de corte transversal e com abordagem quantitativa. Observou-se variabilidade entre os estudos quanto a padronização metodológica e ao uso do método. Conclusão: Evidencia-se a necessidade do fortalecimento das principais questões relacionadas ao inquérito CAP como uma ferramenta importante na avaliação das percepções das pessoas, vontade e capacidade de investir e participar de certas práticas e programas na área da saúde.

Referências

1. Ministério da Educação (BR), Instituto Nacional do Desenvolvimento da Educação. Manual do aplicador do estudo CAP. Brasília (DF): ME; 2002.
2. PAIVA, EP; MOTTA, MCS; GRIEP, RH. Conhecimentos, atitudes e práticas acerca da detecção do câncer de próstata. Acta Paulista de Enfermagem, São Paulo, 2010; 23(1): 88-93.
3. Gillett JD. The behaviour of Homo sapiens, the forgotten factor in the transmission of tropical disease. Trans R Soc Trop Med Hyg.1985;79(1):12-20.
4. Costa CC. Conhecimento, atitude e prática dos enfermeiros acerca do controle da sífilis na gestação. Fortaleza, 2012.101 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) – Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2012.
5. Vandamme E, Concepts and challenges in the use of Knowledge-Attitude-Practice surveys: Literature review. August 2009. Department of Animal Health, Institute of Tropical Medicine, Antwerp, Belgium.
6. Souza, TP, Lobão WM, Santos, C.A.S.T., Almeida, MCC, Duarte, E. Fatores associados à aceitação da vacina influenza entre trabalhadores de saúde: Conhecimento, atitude e prática. Cien Saude Colet [periódico na internet] (2018/Fev). [Citado em 12/03/2019]. Está disponível em:http://www.cienciaesaudecoletiva.com.br/artigos/fatores-associados-a-aceitacao-da-vacina-influenza-entre-trabalhadores-de-saude-conhecimento-atitude-e-pratica/16634?id=16634
7. Soares ACO et al. Dor em Unidade Neonatal: Conhecimento, Atitude e Prática da Equipe de Enfermagem. Cogitare Enfermagem, 2016; 21 (2): 2176-9133
8. BRUM, C.N. et al. Revisão narrativa de literatura: aspectos conceituais e metodológicos na construção do conhecimento da enfermagem. In: LACERDA, M.R.; COSTENARO, R.G.S. (Orgs). Metodologias da pesquisa para a enfermagem e saúde: da teoria à prática. Porto Alegre: Moriá, 2015. Disponível em: . Acesso em: 10 mar. 2016.
9. MINAYO, M. C. de S. O desafio do conhecimento. 10. ed. São Paulo: HUCITEC, 2007.
10. Rajvardhan R., et al. "Study to assess knowledge, attitude and practice regarding swine flu vaccine amongst medical students." International Journal of Basic & Clinical Pharmacology 5.5 (2017): 1978-1983.
11. Neri EAR et al. Conhecimento, atitude e prática sobre o exame papanicolaou de prostitutas. Texto contexto - enferm. Florianópolis, 2013; 22, (3) :731-738.
12. Krishnaiah B, Alwar SP, Ranganathan LN. Knowledge, attitude, and practice of people toward epilepsy in a South Indian village. Journal of Neurosciences in Rural Practice. 2016;7(3):374-380.
13. Morais AM. Conhecimento e atitudes dos profissionais de saúde face ao preservativo feminino. Diss. 2014. Dissertação de mestrado, Psicologia Clínica e da Saúde, Faculdade de Ciências Humanas e Sociais, Universidade do Algarve.
14. Santos JC, Simões RMP, Erse MPQA, Façanha JDN, Marques LAFA. Impacto da formação "+Contigo" nos conhecimentos e atitudes dos profissionais de saúde acerca do suicídio. Rev. Latino-Am. Enfermagem 2014; 22 (4): 679-684.
15. Salazar-Lindo, E., Chea-Wood, E., Kohatsu, J., Miranda, P.R. Evaluation of clinical management training programme for diarrhoea, Journal Diarrhoeal Disease Research,1991; 9 (3): 227-234.
16. Kaliyaperumal, K. IEC; Expert, Diabetic Retinopathy Project. Guideline for Conducting a Knowledge, Attitude, and Practice (KAP) Study. Community Ophthalmology, 2004; 4, 7-9.
17. World Health Organization. Advocacy, communication and social mobilization for TB control: a guide to developing knowledge, attitude and practice surveys. Disponível em . Acesso em 10 dez. 2019.
18. Machado SPC, Samico IC, Braga TDA. Conhecimento, atitude e prática sobre fototerapia entre profissionais de enfermagem de hospitais de ensino. Rev. bras. enferm, Brasília, 2012; 65 (1): 34-41.
Publicado
2020-07-13
Seção
ARTIGOS DE REVISÃO