Avaliação do uso da Mitomicina C na dacriocistorrinostomia

  • Davi Mamede da Luz
  • Gabriel de Oliveira Pereira
  • Elano Jaime Azevedo Junior
  • Hiago Vinicius de França
  • Vinicius Coutinho Mendanha
  • Lucas Bacani de Moraes Coura
  • Constanza Thaise Xavier Silva

Resumo

RESUMO: Dacriocistorrinostomia é um procedimento feito para a desobstrução do ducto lacrimal. Este trabalho explora a comparação de achados científicos sobre o método que busca diminuir a reincidência do entupimento do canal após a cirurgia. O método escolhido, a mitomicina C (MMC), é usado durante e após a cirurgia. Sua fisiologia está relacionada à diminuição do processo cicatricial durante a reconstrução do ducto, propondo uma recuperação mais lenta e mais segura ao paciente. O estudo tem como objetivo comparar a veracidade dos efeitos gerados pelo uso da MMC relacionado a recuperação do paciente. Para isso fez-se uma mini revisão de literatura dos anos entre 2015 a 2019. Constou-se que o uso do medicamento pode ser afetado por fatores como sexo, idade e grau de inflamação do canal, além de ser usado com maior frequência em procedimentos endoscópicos, mas ainda há divergências sobre a eficácia do medicamento. Logo se conclui que ainda é obscuro concluir seu efeito, pois sua eficácia pode ser afetada por outros fatores que não somente o uso propriamente dito de MMC, contudo existe mais evidências as quais reforçam a ideia de que o uso do material reduz a taxa de reincidência entre os operados.  
Publicado
2019-11-23
Seção
RESUMOS - Medicina Preventiva