A mudança comportamental da população após a conscientização dos riscos do câncer do tipo melanoma

  • Bruno Carraro Centro Universitário de Anápolis - UniEVANGÉLICA
  • Caroline Borges de Assis Centro Universitário de Anápolis - UniEVANGÉLICA
  • Iasmine Saad Sousa Centro Universitário de Anápolis - UniEVANGÉLICA
  • Priscilla Ramos de Alencar Silva Centro Universitário de Anápolis - UniEVANGÉLICA
  • Thiago Resende Machado Centro Universitário de Anápolis - UniEVANGÉLICA
  • Aline de Araújo Freitas Centro Universitário de Anápolis - UniEVANGÉLICA
Palavras-chave: Melanoma, Prevention, Comportamento

Resumo

O câncer de pele é o crescimento descontrolado e autônomo de células presentes neste tecido. É causado pela exposição intensa e intermitente a radiação ultravioleta da luz solar ou camas de bronzeamento, o que desencadeia mutações, ou defeitos genéticos, que levam as células da pele a se multiplicarem rapidamente e formar tumores malignos. Sabendo-se do papel da exposição solar no desencadeamento de neoplasias de pele, este estudo tem como objetivo apresentar a mudança de conduta da população após a conscientização sobre riscos do câncer de pele do tipo melanoma. Trata-se de um mini revisão, a partir de 5 artigos selecionados nas bases de dados PubMed e Scielo, utilizando os descritores: prevention, melanoma, comportamento, sendo selecionados artigos publicados entre 2015 e 2018. Concluiu-se que após a intervenção por meio de medidas promotoras de conhecimento sobre os riscos de câncer de pele tipo melanoma os indivíduos mudaram a conduta em relação aos fatores que podem ocasionar o melanoma.

Referências

CEZAR-VAZ, Marta Regina et al. Câncer de pele em trabalhadores rurais: conhecimento e intervenção de enfermagem. Revista da Escola de Enfermagem da USP, v. 49, n. 4, p. 564-571, 2015.

FRANZON, Valéria Aparecida Zanela; LORO, Luiara Stefanelo; PANDOLFO, Gustavo. Melanoma: perfil epidemiológico de cinco anos em um hospital de curitiba-pr. Revista Médica da UFPR, v. 2, n. 2, p. 57-61, 2015.

VERSIANI DUARTE PINTO, Ana Cecília et al. Melanoma maligno: estudo epidemiológico dos casos diagnosticados em unidade de referência em dermatologia em Bauru-sp de 2007 a 2014. Surgical & Cosmetic Dermatology, v. 7, n. 2, 2015.

MATOS, Diogo et al. MELANOMA MALIGNO: ANÁLISE RETROSPECTIVA 2006-2013. Revista da Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia, v. 73, n. 1, p. 89-96, 2015.

DE MORAES MATHEUS, Luiz Guilherme; VERRI, Beatriz Helena de Mattos Araujo. Aspectos epidemiológicos do melanoma cutâneo. Revista Ciência e Estudos Acadêmicos de Medicina, v. 1, n. 03, 2015.
Publicado
2019-07-01
Seção
RESUMOS - Medicina Preventiva