FILTRAÇÃO LENTA DOMICILIAR COM MEIOS FILTRANTES RECICLADOS PROVENIENTES DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL

  • Valter Martins Junior UNIFAL
  • Simone Mendonça dos Santos
  • Beatriz Cruz Gonzalez
  • Lia Lorena Pimentel
  • Regina Márcia Longo

Resumo

Um sistema de tratamento de água apto para utilização em comunidades isoladas é o filtro lento domiciliar. Este trabalho comparou a eficiência de um filtro lento domiciliar com meios filtrantes oriundos de resíduos da (FLD reciclado), com um filtro lento domiciliar convencional, avaliando características físico-químicas e microbiológicas da água filtrada, segundo critérios estabelecidos pela Portaria do Ministério da Saúde nº 5/2017 que consolidou a Portaria nº 2914/2011 sobre procedimentos de controle e vigilância da qualidade da água para consumo humano e seu padrão de potabilidade. Os resultados sinalizam que o FLD reciclado pode atender todos os parâmetros analisados, destacando-se a turbidez e os coliformes totais. Sugere-se, portanto, a realização de estudos para determinação do tempo de maturação e da redução do tempo de repouso necessário para que a água filtrada esteja apta para o consumo, tendo em vista a promoção do FLD reciclado como alternativa atrativa em localidades com baixo adensamento populacional.  
Publicado
2019-05-29